A compra de um imóvel representa a concretização de um sonho, um dos momentos mais especiais na vida de uma pessoa. Por isso mesmo, é fundamental ter o máximo de cuidado durante todo o processo. E é mais que comum que, diante de um investimento desse porte, fique a dúvida se o negócio vale mesmo a pena. Como então avaliar o valor de um imóvel? Como saber se o preço é realmente justo?

A boa notícia é que não existe segredo para se adquirir a tão sonhada casa própria. Então confira neste post algumas dicas que certamente o ajudarão a tomar essa decisão tão importante. Ficou curioso? Acompanhe agora mesmo!

1º REALIZAR UMA BOA PESQUISA

Já podemos adiantar que “o preço de um imóvel é composto por diversos fatores, tais como sua condição, idade do empreendimento e tamanho, localização, quantidade de vagas de garagem, segurança e opções de lazer”. Isso é o que explica Victor Croce, advogado especialista em direito imobiliário, sócio do Escritório Bruno Boris Advogados. Por isso, é preciso pesquisar bastante.

Marcos Alba, gerente comercial da incorporadora Gamaro, lembra que fazer uma ampla pesquisa é essencial, “criando uma lista de imóveis, avaliando suas localizações, traçando os itens mais importantes para a aquisição do imóvel, analisando a forma de pagamento e barganhando para conseguir uma boa negociação”.

Ainda segundo Alba, a maioria dos clientes mistura ofertas e tipologias de imóveis, comparando casas com apartamentos novos e terrenos com imóveis na planta, por exemplo, além de normalmente não avaliar se a compra é à vista, por meio de financiamento ou consórcio. A verdade é que “todos os itens podem causar divergências em uma pesquisa, não resultando no imóvel com melhor valor. Uma pesquisa bem feita precisa ter uma lógica e conter uma definição das necessidades do comprador”, ensina.

2º ESTUDAR A LOCALIZAÇÃO

Um ponto importante que pode determinar a avaliação do imóvel é sua localização. “É preciso avaliar o ponto, não levando em conta apenas o bairro, mas observando sua infraestrutura, se ele está próximo de uma avenida de fácil acesso, com padarias, escolas, farmácias, hospitais e transporte público”, alerta o corretor de imóveis José Roberto Alves de Camargo.

3º ANALISAR O ACABAMENTO E A CONSERVAÇÃO

É imprescindível descobrir a idade do imóvel e observar bem seu estado de conservação. Assim como podem existir imóveis antigos, mas extremamente bem conservados, imóveis praticamente novos podem não ter sido tão bem cuidados, consequentemente apresentando problemas.

Sempre recomendo que o proprietário faça os serviços básicos de manutenção do seu imóvel antes da avaliação, tais como conferir a pintura, o encanamento, a conservação das estruturas metálicas (como portas e janelas), além das telhas e da rede elétrica”, diz Alves de Camargo. Isso porque, segundo ele, os compradores chegam com um nível de exigência alto. Assim, um pequeno problema de vazamento já pode fazer com que o valor do imóvel caia significativamente no momento da avaliação.

4º OBSERVAR OS COMPLEMENTOS

Quando observados os itens que o imóvel oferece, o preço tende a variar muito. Aí entram, por exemplo, a quantidade de quartos e banheiros, a distribuição das salas de estar e jantar, além do tamanho do imóvel — sua área útil. Todos esses itens (e muitos outros) podem influenciar bastante no preço final do imóvel.

Outro fator de extrema relevância que deve ser observado é a infraestrutura dos condomínios, sejam eles de casas ou apartamentos. O interessado deve consultar, por exemplo, o que o eles oferecem em suas áreas de lazer voltadas para o bem-estar e a comodidade dos moradores. Tem piscina, sauna, quadra, campo de futebol, brinquedoteca, academia de ginástica ou salão de festas? São quantas vagas de garagem e onde se dão os investimentos em segurança? O que pesa mais para você?

5º PROCURAR UM CORRETOR COM CRECI

Quer ajuda com sua pesquisa? Procure um bom corretor! Nesse caso, a principal dica é saber se ele é credenciado pelo CRECI, conselho regional que fiscaliza e regulamenta a profissão de corretores de imóveis. O profissional credenciado está apto a realizar o trabalho seguindo as regras e normas do setor. Isso sem contar que o corretor que possui o registro passou por diversas etapas de aperfeiçoamento profissional, podendo por isso dar informações mais precisas.

6º VERIFICAR A DOCUMENTAÇÃO

Outro ponto de extrema importância diz respeito à documentação tanto do imóvel como do vendedor. “Uma boa análise dessa documentação é fundamental para que o comprador tenha certeza de que pode comprar com tranquilidade”, diz Croce.

É preciso, se for o caso, verificar a certidão de casamento ou de união estável com regime de bens, por exemplo. Afinal, se o imóvel objeto da compra é um bem comum do casal, ambos são proprietários. Logo, a documentação dos 2 precisa estar em dia. O comprador deve solicitar certidões negativas dos vendedores, sendo as principais: de protestos, de ações cíveis e criminais, de execuções fiscais estadual e municipal, de quitação de tributos federais, de ações trabalhistas e de interdição, tutela e curatela.

Em relação ao imóvel, o principal documento é sua matrícula atualizada. É possível solicitá-la no cartório de registro de imóveis. Também é uma boa aproveitar para pedir uma certidão de ônus reais, com o objetivo de checar se o imóvel não está sendo afetado por uma ação. A matrícula com essa certidão traz o histórico do imóvel, atestando o tipo de construção feita no terreno e suas possíveis alterações — como alienações passadas. Já a certidão de situação fiscal, obtida na prefeitura, mostra se o imóvel tem dívidas pendentes. Ainda é recomendado pedir uma declaração de quitação de débitos condominiais.

Como você pôde ver, a melhor forma de tomar uma boa decisão é por meio de pesquisas, seja com seu corretor de confiança ou por conta própria. É preciso, por exemplo, conhecer o preço médio do metro quadrado da região onde o imóvel está localizado, verificar o local para entender a rotina da rua e do bairro, avaliar sua condição, levar em conta sua infraestrutura, checar o valor do IPTU e se será preciso realizar reformas. Se a procura for por um apartamento, avalie ainda a estrutura do condomínio e o valor das taxas.

Se deseja uma Simulação clique no link, ou se preferir também atendo a domicílio em Cascavel e região e em meu escritório aqui em Cascavel-PR, pode me ligar a qualquer hora ou mandar um whatsapp, sempre estarei disponível para sanar toda e qualquer duvida que por ventura possa surgir.

▼FUJA DOS JUROS ▼

simulé

Curta nosso Facebook e receba por primeiro nossas dicas

Fonte: Rodobens.com.br

Advertisements